Os termos que todo empreendedor precisa saber


Em qualquer negócio, conhecer os jargões técnicos torna-se condição fundamental para melhor compreensão do mercado. Mais do que conhecer os termos e seus significados, é importante saber como e quando utilizá-los. Aqueles que não sabem se comunicar, usando os termos técnicos adequados, não são capazes de se fazer entendidos, o que fragiliza sua credibilidade, além de aumentar sensivelmente os riscos.

Aceleradora 

São uma versão do século 21 das incubadoras. As empresas aceitas por aceleradoras ganham acesso a uma ampla rede relacionamentos, passam por mentora e têm seu modelo de negócio aprimorado. Com isso, ganham visibilidade e credibilidade e se desenvolvem mais rapidamente. Em geral, as aceleradoras fazem pequenos aportes no negócio e recebem em troca um percentual que varia entre 5% e 15% das cotas da empresa.

Acordo de confidencialidade (non-disclosure agreement) 

Também conhecido como NDA, é um contrato que regula quais detalhes de uma negociação podem ser divulgados. Pode ser usado, por exemplo, quando as informações sigilosas de uma empresa são compartilhadas com investidores em potencial. Ao assinarem o acordo, eles se comprometem a não tornar públicos os dados a que tiveram acesso.

Anjo 

Investidor individual, com experiência em gestão e finanças, que aposta em startups com valores de R$ 50 mil a R$ 1 milhão.

Aporte 

Chama-se de aporte o investimento financeiro, a aplicação de capital na empresa investida.

Bootstrap 

Práticas para montar um negócio e tocar a operação apenas com recursos próprios, sem investidores. 

Burn rate 

Ou, literalmente, taxa de queima de dinheiro. Determina o tempo que uma empresa tem de sobra até acabar o dinheiro em caixa. Isso ocorre até a empresa dar lucro.

Cloud computing 

Computação em nuvem, ou uso remoto de memória e de processamento de servidores para acessar pela internet programas e dados de qualquer lugar e a qualquer momento.
Coinvestimento
Investimento realizado em conjunto outra pessoa em um mesmo projeto ou empresa.

Crowdfunding

Contribuição de pequenas quantias, geralmente feita por pessoas físicas, para financiar um projeto.

Crowdsourcing

Criação, produção, desenvolvimento e teste coletivo de conceitos, produtos e serviços.

Customer development

Metodologia para aprimorar um protótipo com a opinião dos consumidores, antes de mobilizar recursos para o lançamento.

Deal breaker

Fator que impede a conclusão de uma negociação, normalmente descoberto em um estágio avançado desse processo.

Drag along

É uma cláusula no contrato societário que obriga os sócios minoritários de uma empresa a vender suas participações quando um acionista majoritário decide vender sua parte. Dessa forma, o comprador fica com a empresa inteira.

Due diligence

Processo de auditoria feito antes da conclusão de uma operação de investimento. Nesse período, os compradores avaliam detalhes sobre as operações da empresa, como as áreas contábeis e trabalhista e o pagamento de impostos. Irregularidades podem prejudicar a venda da empresa.

Earnout

Acordo que prevê a atuação na empresa e a compensação financeira do empreendedor após ele ter vendido o negócio. Normalmente é associado ao atingimento de metas financeiras e operacionais nos anos seguintes à venda.

Growth capital

Investimento feito após a introdução de produtos e serviços no mercado e a sua validação por consumidores. Esse investimento é caracterizado por apoiar o crescimento da empresa, e não para descoberta de modelos de negócio.

Hurdle rate

Taxa mínima de retorno esperada pelo investidor, levando em consideração o risco da empresa.

Incubadora

Instituição normalmente associada a uma universidade que recebe startups – frequentemente de alunos - e as auxilia no desenvolvimento de seu projeto, fornecendo espaço físico, auxilio empresarial, gestão legal e contábil.

IPO

Abertura de capital da empresa. Depois dessa primeira oferta, o empreendimento passa a ter suas ações listadas na Bolsa de Valores.


Joint venture

Operação conjunta de duas empresas com o objetivo de obter ganhos operacionais, financeiros ou de escala.

Lean startup

Empresa nascente com eficiência máxima: adota código aberto e softwares gratuitos e desenvolve produtos em interações com clientes

Love money

Capital semente captado por meio do aporte de familiares ou amigos. Normalmente quem cede o dinheiro tende a fazer uma análise subjetiva a respeito do investimento, e não uma avaliação objetiva, que levaria em conta os riscos do negócio.

Mashup

O termo surgiu no meio musical para designar mixagens entre estilos diferentes. Nos negócios, significa combinar dois ou mais aplicativos distintos para melhorar ou criar um novo serviço ou produto. O Google Maps é um exemplo, já que agrega funcionalidades de Wikipédia e Flickr, entre outros recursos, em único local.

Meetup

Encontro presencial de integrantes de comunidades virtuais; os startup meetups reúnem empreendedores do mundo digital.

Open source

Software de código aberto que pode ser usado por qualquer um sem customização.

Patente

Patente é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade. É outorgado pelo Estado aos inventores ou autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Em contrapartida, o inventor revela detalhadamente todo o conteúdo técnico da matéria protegida pela patente.

Pitch

Discurso breve e objetivo sobre a natureza de um produto ou serviço feito pelo empreendedor, geralmente para convencer investidores sobre o potencial do seu negócio.

Plano de negócios (business plan)

Ferramenta utilizada pelo empreendedor para projetar como determinado modelo de negócio deve se comportar na prática. Contém dados sobre a criação da empresa, descrição do produto ou serviço, análises de mercado, necessidade de investimentos, estratégias de vendas e marketing, informações sobre os gestores e infraestrutura, entre outros detalhes operacionais. Pode ser utilizado pelo empreendedor tanto como um guia para a gestão quanto para apresentar o negócio a possíveis investidores.

Private equity

Modalidade de investimento similar ao venture capital, porém com maiores volumes de dinheiro e tamanho das operações. O investimento é realizado por fundos em empresas que não têm ações listadas em Bolsa de Valores.


Round

Cada vez que uma empresa recebe investimento (dinheiro de um fundo ou de pessoas físicas), pode-se dizer que ela recebeu um round de investimentos. Quando um negócio recebe aporte de um fundo de venture capital pela primeira vez, diz-se que ela recebeu o “series A round”, ou seja, a primeira rodada de investimento.

Seed money (ou capital semente)

Fundo oficial ou privado que investe em empresas em fase inicial e as prepara para o crescimento, com aportes de R$ 1 milhão a R$ 5 milhões.

Shareholder

Acionistas da empresa, ou seja, pessoas que possuem participações no seu capital.

Sócio capitalista

Indivíduo que investe dinheiro em uma empresa baseado em horizontes de longo prazo. Ele procura investir em um negócio de crescimento sustentável, sem a necessidade imediata de se desfazer de suas participações.

Stakeholders

Todas as “entidades” impactadas pelas ações da empresa, sejam elas acionistas, funcionários, fornecedores, governo, clientes etc.

Spin-off

Formação de um novo negócio com base em inovações ou produtos criados por uma empresa-mãe. Normalmente, os primeiros funcionários de uma spin-off atuaram na empresa-mãe durante o desenvolvimento do projeto.

Tag along

Cláusula que determina que, em uma proposta para vender parte da empresa, a participação do investidor tem prioridade na venda.

Term sheet

Documento que contém termos e condições combinadas entre investidores e empreendedores antes da realização do acordo de investimento. Esses termos são válidos durante o prazo de aporte na empresa.

Valor de mercado

Representa o valor atribuído (geralmente por investidores) a uma empresa ou projeto, independentemente de ela estar operando ou não.

Venture capital

Também conhecido como capital de risco, é um tipo de investimento feito em empresas que estão em estágio inicial, mas que têm alto potencial de crescimento. Os investidores – tradicionalmente na forma de empresas – passam a ter participação societária no negócio. Com o dinheiro, as startups estruturam suas operações sem depender de fluxo de caixa, que geralmente é inexistente ou baixo nessa fase.


Benchmarking

É o método sistemático de procura por melhores processos, ideias inovadoras e procedimentos de operação mais eficazes que conduzam a um desempenho superior.

CRM (Customer Relationship Management)

É uma integração de processos de produção, distribuição, vendas e marketing, de forma orientada ao cliente. Com isso busca-se conquistá-los, aumentar a satisfação dos atuais e estimular neles a fidelidade visando maior lucratividade para a empresa.

Ciclo de vida do produto (CVP)

Linha de variação correspondente às fases do histórico de vendas de um produto. Este pode ser dividido em quatro estágios: introdução, crescimento, maturidade e declínio.

Comunicação integrada de marketing (CIM)

Conceito de planejamento de comunicação de marketing que reconhece o valor agregado de um plano abrangente.

Determinação de custo-alvo

Dedução da margem de lucro desejada do preço pelo qual o produto pode ser vendido, dados seu apelo e os preços dos concorrentes.


Estratégia pull (atração)

O fabricante utiliza a propaganda e a promoção ao consumidor para induzi-lo a pedir o produto aos intermediários, fazendo com que estes o encomendem.

Estratégia push (pressão)

O uso da equipe de vendas e da promoção dirigida ao revendedor para induzir os intermediários a expor, promover e vender o produto aos usuários finais.


Marketing viral

Uso da Internet pelas empresas para criar um efeito boca a boca para atrair a atenção para seus sites. Envolve a transmissão de produtos, de serviços ou de informações desenvolvidos pela empresa de um usuário para outro.

Markup

Determinação de preços mediante a adição de um aumento padrão ao custo de um item.

Mercado-alvo

Parte do mercado disponível (empresas, grupo de pessoas, segmentos diversos) que a empresa decide buscar.

Market share

Medida de nível ou grau de participação de uma marca ou produto em um dado momento no mercado

Posicionamento

Projetar o produto e a imagem da empresa para ocupar um lugar diferenciado na mente do mercado-alvo.

Promoção de vendas

Conjunto variado de ferramentas de incentivo, principalmente de curto prazo, destinadas a estimular compras mais rápidas e maiores de determinados produtos ou serviços por parte de consumidores ou do comércio.

Proposta de valor

Conjunto de benefícios que as empresas oferecem aos clientes para satisfazer suas necessidades.

Segmentação de mercado

Processo de identificação, dentro de um mercado, de um subgrupo de clientes cujas necessidades, desejos e/ou recursos são diferentes de tal modo que os faz responder de forma diferenciada a determinado composto mercadológico.

Sistema de informações de marketing (SIM)

Pessoas, equipamentos e procedimentos dedicados a coletar, classificar, analisar, avaliar e distribuir as informações necessárias de maneira precisa e oportuna para aqueles que tomam decisões de marketing.

Valor do cliente ao longo do tempo (LTV)

Valor presente do fluxo de lucros futuros que a empresa espera obter com o cliente em compras ao longo do tempo.

Valor percebido pelo cliente (VPC)

Diferença entre a avaliação que o cliente potencial faz de todos os benefícios e custos relativos a um produto ou serviço e as alternativas percebidas.

Vantagem competitiva

Capacidade de uma empresa de apresentar, em um ou mais itens, um desempenho que os concorrentes não podem alcançar.

Break-even

Em português, um 'ponto de equilíbrio'. É quando os custos da empresa são iguais às suas receitas. Como tudo que a empresa recebe paga somente as despesas, o lucro (ou resultado do período), acaba sendo 0, nesse caso.

Capital de giro

São os recursos financeiros utilizados para cobrir os custos do dia a dia da empresa e para sustentá-la entre o pagamento de despesas e o recebimento da receita de clientes.

Captação de recursos

Obter investimentos, o que pode ser feito por meio de empréstimos bancários, agências de fomento, fundos de investimentos ou investidores-anjos.

Co-working

Espaço de trabalho compartilhado por diversas empresas, que passam a poder se relacionar e a trocar conhecimentos.

Crowdfunding

Obtenção de capital através de financiamento coletivo, em geral de pessoas físicas interessadas na iniciativa. Existem plataformas on-line especializadas nisso.

Crowdsourcing

Forma de conseguir serviços/ajuda de forma colaborativa para geração de conteúdos, solução de problemas, desenvolvimento de novas tecnologias, geração de fluxo de informação e afins.

Early stage

São consideradas empresas em early stage (estágio inicial) as que possuem até três anos de existência.

Elevador pitch

Apresentação da ideia do negócio em aproximadamente 30 segundos (o tempo que uma pessoa passaria no elevador).

Empreendedorismo corporativo ou Intraempreendedorismo

Significa empreender dentro da organização na qual se trabalha. O intraempreendedor enxerga nos problemas do dia a dia oportunidades de crescimento para a empresa, sendo capaz de inovar sistêmica e constantemente. Descubra como implementar uma cultura intraempreendedora em sua empresa no curso online da Endeavor sobre Cultura.

Empreendedorismo social

O empreendedor social cria negócios com fins lucrativos, mas que propõem soluções inovadoras para problemas sociais ou ambientais, como lixo, educação e saúde. Ele está focado em mobilizar pessoas e trabalhar por uma causa para realizar verdadeiras transformações na sociedade.

Escalabilidade

Capacidade de replicar o produto/serviço com facilidade atendendo a um grande público ou abrangendo um grande mercado consumidor.

Incubadora

As incubadoras têm um perfil mais adequado para quem precisa de tempo e muito conhecimento para estruturar seu negócio. Depende de subsídios governamentais e provavelmente vai precisar de uma quantidade relativamente grande de investimentos para acontecer.

Investidor-anjo

Os angels são profissionais experientes que têm capital disponível para investir em novos empreendimentos. Em troca desse capital, esperam um percentual da empresa investida.

MEI

Sigla para 'Micro Empreendedor Individual', é a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza como empresário.

Mergers and Acquisitions (M&A)

Termo em inglês para 'Fusões e Aquisições' (abreviado M&A), é tanto um aspecto da estratégia corporativa e finanças corporativas quanto compra, venda, divisão e combinação de diferentes empresas.

Networking

Ter ou estabelecer uma rede de contatos. 'Fazer networking', como é empregado, costuma ser uma ótima forma de ampliar a qualidade de seus relacionamentos e transformá-los em benefício mútuo no meio profissional.

PME

É a sigla para pequenas e médias empresas. Uma pequena empresa possui de dez a 49 funcionários. Já uma empresa de médio porte possui entre 50 e 249 funcionários.

ROI

Sigla da tradução de 'Retorno sobre Investimento', corresponde a um percentual da quantidade de dinheiro ganho em relação à quantidade de dinheiro investido.

Seed capital

Capital 'semente', aquele capital que se capta quando o negócio está em sua fase inicial, para que ele possa dar seus primeiros passos no mercado.

Spin-off

Criação de uma nova empresa de produtos ou serviços inovadores, criados inicialmente a partir de um projeto em uma 'empresa-mãe'. Geralmente, os empreendedores do novo negócio trabalharam antes no desenvolvimento desse projeto na empresa-mãe, que gerou o spin-off.

Validação

Ter alguém validando sua ideia, ou seja, se tornando um cliente, usuário, ou estando engajado de qualquer forma ativa em seu negócio, é o sinal verde de que ele pode dar certo. Mas a validação é um exercício constante, um processo que exige flexibilidade, agilidade e resiliência para recomeçar diversas vezes e não desistir.

VC (Venture Capital)

Traduzido como 'capital de risco', os VCs apoiam empresas de pequeno e médio porte já estabelecidas e com potencial de crescimento. Com duração média de 5 a 7 anos, os recursos investidos financiam as primeiras expansões, levando o negócio a novos patamares no mercado.